A hora é agora

devocional

Muitos judeus voltaram do cativeiro com o sacerdote Esdras e logo começaram a reconstruir o templo em Jerusalém. Porém, diante das dificuldades e oposições, interromperam a obra (Ed 4.23-24), no que foram repreendidos pelo Senhor:

“Este povo diz: Não veio ainda o tempo, o tempo em que a casa do Senhor deve ser edificada. Veio, pois, a palavra do Senhor, por intermédio do profeta Ageu, dizendo:
Porventura é para vós tempo de habitardes nas vossas casas forradas, enquanto esta casa fica deserta”? (Ag 1.2-4).

Na nossa visão, é sempre tempo de buscarmos os nossos interesses pessoais, mas costumamos empurrar para outro dia a parte que nos cabe na execução do propósito de Deus.

Na conversa com a mulher samaritana, Jesus disse: “A hora vem, e agora é, em que os verdadeiros adoradores adorarão o Pai em espírito e em verdade” (Jo 4.23). Um pouco adiante, ele disse aos discípulos: “Não dizeis vós que ainda há quatro meses até que venha a ceifa? Eis que eu vos digo: Levantai os vossos olhos, e vede os campos, que já estão brancos para a ceifa” (Jo 4.35).

Temos a tendência de adiar decisões e ações importantes. O Senhor nos pergunta “até quando” faremos isso (Mc 9.19; Pv 1.22; Num 14.11; Js 18.3; 1Rs 18.21; Êx 16.28).

Precisamos ouvir as palavras de Jesus: A hora é agora. É tempo de buscar ao Senhor, de ler a bíblia, de orar e santificar, antes que seja tarde demais (Os 10.12; Is 55.6).

Para tudo existe um tempo apropriado e a precipitação não é uma atitude saudável, mas não devemos adiar o que sabemos ser a vontade de Deus para nós no tempo presente.

O que podemos fazer hoje? Façamos, pois não sabemos se estaremos vivos amanhã.

Gostou deste artigo? Não esqueça de compartilhar:

Share on facebook
Facebook 0
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp

Veja também

As testemunhas do Evangelho

Antes de voltar ao céu, Jesus disse aos discípulos: “Recebereis poder ao descer sobre vós o Espírito Santo, e ser-me-eis testemunhas…” (At

Conceitos e tradições

Em muitas oportunidades, Jesus citou e questionou ditos populares, conceitos e ensinamentos da sua época, como vemos nas seguintes passagens bíblicas: “Ao

A Palavra permanece

Adão deve ter dito muitas coisas, mas algumas de suas frases chegaram ao nosso conhecimento, conforme lemos em Gênesis 2 e 3.

O fermento dos fariseus

Jesus disse que os discípulos deveriam tomar cuidado com o fermento dos fariseus, que era sua doutrina e seu comportamento hipócrita (Lc