O amor é atitude

devocional

Depois de escrever a respeito dos heróis da fé, o autor da carta aos Hebreus disse: “Portanto nós também, que estamos rodeados de uma tão grande nuvem de testemunhas, deixando todo peso e o pecado que tenazmente nos assedia, corramos com paciência a carreira que nos está proposta” (Hb 12.1).

O Senhor deseja que nós também sejamos heróis da fé, mas existe uma trajetória, um caminho a trilhar. O que nos impede? O pecado e outros pesos desnecessários, bagagens em excesso, que não nos permitem avançar. Não podemos caminhar carregando mágoa e ódio. Até as coisas boas da vida podem nos atrapalhar de servir a Deus. Até o trabalho, tão importante e necessário, pode ser prejudicial, se nos ocupar de tal forma que não tenhamos tempo para Deus e para a família. Portanto devemos buscar o equilíbrio.

O autor diz: “Corramos”. Algumas atitudes devem ser tomadas com urgência. Não podemos adiar para sempre o que Deus mandou que fizéssemos. Quem crê em Jesus, mas ainda não se batizou, deve fazê-lo o quanto antes. Quem tem uma Bíblia deve lê-la por completo. Sobretudo sejamos atentos Aquele que é o nosso maior exemplo: “Olhando firmemente para Jesus, autor e consumador da fé” (Hb 12.2). Ele é a nossa referência, nosso modelo e padrão nesta caminhada espiritual. Não podemos parar, nem olhar para o lado ou para trás. “Nós não somos daqueles que retrocedem para a perdição, mas daqueles que creem para a conservação da alma” (Hb 10.39).

Gostou deste artigo? Não esqueça de compartilhar:

Share on facebook
Facebook 0
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp

Veja também