Palavra do Discípulo: O fundo do poço

palavrado

E aconteceu que, chegando José a seus irmãos, tiraram de José a sua túnica, a túnica de várias cores, que trazia. E tomaram-no, e lançaram-no na cova; porém a cova estava vazia, não havia água nela. Depois assentaram-se a comer pão; e levantaram os seus olhos, e olharam, e eis que uma companhia de ismaelitas vinha de Gileade; e seus camelos traziam especiarias e bálsamo e mirra, e iam levá-los ao Egito. – Gênesis 37:23-25

José foi lançado no fundo do poço. Um lugar sombrio, triste e …  sozinho. José que sempre fora tratado como o primogênito por Jacó, apesar de ter sido o seu 11º filho, se via na pior situação possível em sua vida.

Quantas vezes não passamos por isso? Para José o fundo do poço era, justamente, um poço. Mas para nós o fundo do poço podem ser dívidas? Um relacionamento que caminha mal? Uma vaga de emprego que não aparece? Um desentendimento com um irmão que não conseguimos tratar?

O fundo do poço é sim um tipo de morte. Quem esta ali tem como único objetivo sair daquela situação para nunca mais voltar. Mas não é simples. Não existe saída fácil para poços.

A história de José piorou muito, antes de melhorar. Foi escravizado, preso, maltratado. Mesmo assim nunca desistiu, a amargura e o desanimo não tomaram conta dele. O seu coração nunca se endureceu. E no fim das contas José não apenas sobreviveu, mas prosperou!

José se ergueu como o segundo homem mais importante do Egito e reencontrou seus irmãos que foram os responsáveis por tudo que lhe aconteceu. Ele podia muito bem ter lançado seus irmãos também ao fundo do poço, pagado com a mesma moeda, mas José tinha de sobra o que faltava em seus irmãos: Fé!

Vós bem intentastes mal contra mim; porém Deus o intentou para bem, para fazer como se vê neste dia, para conservar muita gente com vida. – Gênesis 50:20

Nas mãos de Deus o mal se torna bem. Nas mãos de Deus tudo se faz novo, a luta vira vitória, a tristeza vira alegria, a dor vira felicidade. Vai ser fácil? Não, não vai. Mas com a ajuda de Deus você irá sair deste poço.

Ao oferecer histórias como a de José Deus permite que estudemos os seus planos. Com testemunhos como este aumentamos e alimentamos a nossa fé e a nossa esperança.

Quando passares pelas águas estarei contigo, e quando pelos rios, eles não te submergirão; quando passares pelo fogo, não te queimarás, nem a chama arderá em ti. Porque eu sou o Senhor teu Deus, o Santo de Israel, o teu Salvador; dei o Egito por teu resgate, a Etiópia e a Seba em teu lugar. – Isaías 43:2,3

Ele não te abandonará! De dentro do seu poço você tem apenas uma escolha: olhar para cima. Apesar de toda tristeza, o poço te força a olhar para cima. E dali virá a mão que te resgatará. Alguém lá de cima virá até aqui embaixo e estenderá a mão para você.

No momento certo, do jeito certo, Ele irá fazer por você o mesmo que fez com José.

Não se esqueça: quando faltar fé, olhe para cima. Que Deus te abençoe!

Discípulo Bruno Tallarico

 

Gostou deste artigo? Não esqueça de compartilhar:

Share on facebook
Facebook 0
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp

Veja também

Não viva adiando a semeadura

“Pela manhã semeia a tua semente, e à tarde não retires a tua mão, porque tu não sabes qual prosperará, se esta,