Que a vontade de Deus seja feita na terra como no céu

devocional

A Bíblia pode ser vista sob dois aspectos fundamentais: a vida espiritual e a vida natural. Não devemos enfatizar uma e esquecer a outra. A primeira diz respeito a Deus, aos anjos, demônios, céu e inferno. A segunda trata das coisas terrenas e temporais. A Bíblia contém inúmeros princípios e conselhos para uma vida bem sucedida nesta terra, apesar de nos alertar a respeito das dificuldades e desafios que sempre enfrentaremos.

O livro de Provérbios, por exemplo, se destaca nesse propósito de nos orientar sobre a vida terrena. Inclusive os ateus podem se beneficiar dos ensinamentos bíblicos e muitos o fazem, ainda que inconscientemente, pois receberam princípios bíblicos da família e da própria cultura, influenciada, em parte, pelo cristianismo.

O Evangelho não visa apenas o celestial, mas inclui muitas questões da vida presente, que deve ser pautada pelo amor e pela justiça que Cristo ensinou. Sobretudo aprendemos que não podemos espiritualizar tudo, mas lembrar sempre as palavras de Jesus em Sua oração modelo, quando disse ao Pai: “Seja feita a Tua vontade, assim na terra como no céu”.

Gostou deste artigo? Não esqueça de compartilhar:

Share on facebook
Facebook 0
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp

Veja também

As testemunhas do Evangelho

Antes de voltar ao céu, Jesus disse aos discípulos: “Recebereis poder ao descer sobre vós o Espírito Santo, e ser-me-eis testemunhas…” (At

Conceitos e tradições

Em muitas oportunidades, Jesus citou e questionou ditos populares, conceitos e ensinamentos da sua época, como vemos nas seguintes passagens bíblicas: “Ao

A hora é agora

Muitos judeus voltaram do cativeiro com o sacerdote Esdras e logo começaram a reconstruir o templo em Jerusalém. Porém, diante das dificuldades

A Palavra permanece

Adão deve ter dito muitas coisas, mas algumas de suas frases chegaram ao nosso conhecimento, conforme lemos em Gênesis 2 e 3.