Tudo depende de como você reage

20106382_623661867841507_7374736686380336280_n

“Todo o que beber desta água tornará a ter sede; mas aquele que beber da água que eu lhe der nunca terá sede; pelo contrário, a água que eu lhe der se fará nele uma fonte de água que jorre para a vida eterna.” João 4:13,14

Todos temos dentro de nós uma fonte. Alguns uma fonte amarga, de onde só saem coisas ruins. Outros uma fonte de águas doces e puras. Falar de fontes é falar de reações, daquilo que sai de dentro, do interior para o exterior.

Podemos avaliar nossa fonte não pelas ações, mas por nossas reações. As nossas reações mostram o que realmente existe dentro de nós.

Uma pessoa pode orgulhar-se das suas retas ações, e dizer, com toda verdade: Eu não minto, não roubo, não blasfemo, não bebo e não cometo adultério”. As suas ações são corretas e boas, não obstante ela pode ser completamente derrotada pelas suas reações erradas às circunstâncias da vida, às ações dos outros. Reações interiores de inveja, ressentimento, ira, ódio, temores, podem ser invisíveis, mas grandemente ruinosas.

As minhas ações podem ser estudadas, planejadas e praticadas para o meu benefício. Mas são as minhas reações espontâneas, inconscientes e não programadas, que revelam o que eu realmente sou.

Esprema um bonito limão e verá que algo azedo sai dele. A pressão fez aparecer azedume no limão ou só fez exteriorizar o que já estava lá dentro?

Você já esteve sob pressão – em casa, no trabalho, com responsabilidades? Será que algo azedo se manifestou? Sejamos honestos; nada que já não esteja dentro pode sair, e as circunstâncias apenas o revelam.

Nós somos “espremidos” o tempo todo e o que tem saído de dentro de nós? No trânsito quando somos fechados soltamos palavrões? Quando alguém nos ofende somos amargos? Quando uma doença nos acomete ficamos murmurando? O que tem saído de dentro de nós?

Aperte um favo de mel e sairá doçura. Cristo e Estevão quando espremidos bendizeram. Paulo e Silas louvaram. Só quando somos “espremidos” é que as pessoas vêem Cristo em nós; diante da bonança qualquer um se passa por cristão e não há diferença. Só quando somos “espremidos é que as pessoas enxergam o nosso interior transformado.

O verdadeiro problema está dentro e foi por isso que Jesus disse em Marcos 7:20: “ O que sai do homem, isso é o que contamina. Porque de dentro, do coração dos homens, é que procedem os maus desígnios, a prostituição, os furtos, os homicídios, os adultérios, a avareza, a malícia, o dolo, a lascívia, a inveja, a blasfêmia, a soberba, a loucura: ora, todos esses males vêm de dentro e contaminam o homem”.

“Tenham cuidado para que ninguém retribua o mal com o mal, mas sejam sempre bondosos uns para com os outros e para com todos.” 1 Tessalonicenses 5:15

E assim, com a ajuda de Deus, reencontraremos a alegria que um dia perdemos e essa fonte em nós jorrará águas cristalinas para a vida eterna.

Palavra do Discípulo
Por Bruno Tallarico

Gostou deste artigo? Não esqueça de compartilhar:

Share on facebook
Facebook 0
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp

Veja também

Não viva adiando a semeadura

“Pela manhã semeia a tua semente, e à tarde não retires a tua mão, porque tu não sabes qual prosperará, se esta,